Tag Archives: jornalismo

Prêmio Desafio das Águas

4 fev

É muito bom ver o reconhecimento do seu trabalho, da sua dedicação, do seu empenho como profissional!

Vencedores do Prêmio Desafio das Águas:

Assessoria de Comunicação

ASA – 10 anos – Mariana Mazza/ Viviane Brochardt / Fernanda Cruz / Gleiceani Nogueira

Jornalismo impresso

O homem e o mar (caderno especial) – Júlia Kacowiz

Radiojornalismo

Enquanto a chuva não vem – Karoline Fernandes

Telejornalismo

Saneamento (série) – Mônica Silveira / Antônio Henrique

Jornalismo impresso (academia)

Falta água e sobra desperdício – Larissa Brainer

Radiojornalismo (academia)

A tecnologia auxiliando no combate ao desperdício de água – Marília Alves

Anúncios

Resultado do 17º Prêmio Cristina Tavares

28 jan

Categoria Assessoria de Imprensa:
Viviane dos Santos Brochardt / Mariana Mazza / Gleiceani de Souza Nogueira (ASA)
“ VII ENCONASA – Encontro Nacional da Articulação no Semi-Árido Brasileiro”

Não dá nem pra explicar aqui a sensação que é ganhar novamente esse prêmio! Ainda mais quando lembramos de todo trabalho que foi o VII EnconASA! Mas valeu a pena!!!

Obrigada pela torcida de todos e todas que acreditam em mim, em nós!

17ª edição do Prêmio Cristina Tavares

18 jan

Ai, sempre que sai o resultado de finalistas de algum prêmio que você se inscreveu, dá aquele friozinho na barriga… Imagina na hora do resultado final! O coração parece que vai sair pela boca!

Experimentei essa sensação no final de 2009, quando venci, junto com as minhas colegas de trabalho, a 16 ª edição do Prêmio Cristina Tavares, na categoria assessoria de imprensa. É uma sensação que realmente não dá pra explicar! Mas é boa!

Esse ano teremos o prazer de disputar novamente essa categoria e sentir mais uma vez essa sensação de friozinho na barriga… O trabalho inscrito é sobre a ação de assessoria que fizemos para o VII EnconASA.

O resultado sai no próximo dia 26, em cerimônia no Cabanga Iate Clube.

17ª edição do Prêmio Cristina Tavares – Categoria Assessoria de Imprensa

Viviane dos Santos Brochardt / Mariana Mazza / Gleiceani de Souza Nogueira (ASA)
“ VII ECONASA – Encontro Nacional da Articulação no Semi-Árido Brasileiro”

Heliane Fonseca Rosenthal / Ricardo Almoedo (OAB)
“Caso Mayara Petruso”

Nataly de Queiroz Lima (Grupo Curumim – Gestação e Parto)
“Por todas as mulheres, por todos os direitos”

Leia a matéria completa sobre os finalistas da 17ª edição do Prêmio Cristina Tavares.

Prêmio CNT

19 out

Há dois post atrás falei sobre o trabalho A Rota da Emergência, uma matéria especial feita para o JC Online que deu um trabalhão danado, mas que foi super prazeroso de fazer, de ver o resultado final! Uma verdadeira conquista!

Pois bem, agora esta matéria foi escolhida como uma das cinco finalistas do Prêmio CNT, um dos mais conceituados do país!

Saiu uma notinha no Jornal do Commercio:

PRÊMIO CNT

O JC Online tem quatro trabalhos na final do prêmio da Confederação Nacional de Transporte (CNT): Ameaça no ônibus. É dia de futebol, de Isabelle Figueirôa, Wladmir Paulino, Marcelo Cavalcante e Breno Pires (design Silvia Morais), A rota da emergência, de Mellyna Reis e Mariana Mazza (design Erika Simona), O transporte do futuro, de Roberta Soares (design Silvia Morais), e A revolução das bicicletas, de Julliana de Melo (design Sidclei Sobral). A TV Jornal também chegou à final, com a matéria De carona no Agreste, de Jonnath Silva Monteiro.”

E também foi divulgada uma matéria no JC Online.

Agora é só ficar na torcida pelo resultado final…

A Rota da Emergência

11 out

Com um pouco de atraso, mas ainda em tempo, escrevo esse post pra falar de um trabalho diferente que fiz nesses últimos tempos.

Quando minha amiga Mell me convidou para participar de um especial jornalístico sobre o transporte de passageiros do interior para a capital, nem pestanejei!

Na hora lembrei de quantas vezes, na parada de ônibus logo cedo, indo para a Rádio Jornal, não vi ônibus lotados passando com doentes do interior que vinham buscar tratamento nos hospitais aqui de Recife. Essa cena sempre me incomodou. Idosos, doentes, crianças, todos tendo o seu direito à saúde desrespeitado, precisando viajar vários quilômetros, saindo de madrugada de casa só porque onde moram não tem estrutura para atender seus pacientes.

Então quando surgiu a oportunidade de fazer A ROTA DA EMERGÊNCIA, nem pensei duas vezes, topei na hora! Ainda por cima era um desafio para mim, como jornalista, fazer um trabalho com tal intensidade, em um veículo que eu ainda tinha pouco domínio.

Mesmo com todas as dificuldades (máquina que travou e perdeu fotos e vídeos, duas pessoas que desistiram do projeto, falta de tempo, cansaço), não desistimos! O resultado? Acesse e confira!