Lou Salomé

3 mar

Adoro a história de mulheres que viveram à frente de seu tempo! Assim foi Lou Salomé! Não foi qualquer mulher que, entre os séculos XIX e XX, teve a coragem de escrever sobre filosofia, amor, sexo e erotismo.

Também não era qualquer menina daquela época que aos 20 anos “dividia um apê” com dois amigos homens (Paul Rée e Nietzsche), sem em momento algum se envolver com nenhum dos dois! Aliás, ainda hoje tem gente que se espanta quando um homem e uma mulher são apenas amigos! Meu Deus, como somos retrógrados!

E Lou Salomé abalou corações, como abalou! Além dos colegas com quem morava, Lou encantou vários dos homens que passaram pela sua vida, alguns chegando até a tentar o suicídio devido ao amor não correspondido. Quem leu o livro “Quando Nietzsche Chorou” sabe bem disse.

POEMA DE LOU SALOMÉ A NIETZSCHE
“Claro, como se ama um amigo
Eu te amo, vida enigmática –
Que me tenhas feito exultar ou chorar,
Que me tenhas trazido felicidade ou sofrimento,
Amo-te com toda a tua crueldade,
E se deves me aniquilar,
Eu me arrancarei de teus braços
Como alguém se arranca do seio de um amigo.
Com todas as minhas forças te aperto!
Que tuas chamas me devorem,
No fogo do combate, permite-me
Sondar mais longe teu mistério.
Ser, pensar durante milênios!
Encerra-me em teus dois braços:
Se não tens mais alegria a me ofertar
Pois bem – restam-te teus tormentos.”

Mas Lou era firme nos seus sentimentos, não se deixava encantar por qualquer um! Até que conhece o poeta René-Marie Rilke (que posteriormente mudou o nome para Rainer Maria Rilke), homem por quem se apaixona físico e intelectualmente.

“Tapa-me os olhos: ainda posso ver-te
Tapa-me os ouvidos: ainda posso ouvir-te
E mesmo sem pés posso ir para ti
E mesmo sem boca posso invocar-te.
Arranca-me os braços: ainda posso apertar-te
Com meu coração como com a minha mão
Arranca-me o coração: e meu cérebro palpitará
E mesmo se me puseres fogo ao cérebro
Ainda hei de levar-te em meu sangue.”  RILKE

Porém, mesmo se dizendo tão apaixonado, o FDP do Rilke resolve casar com outra mulher que acabara de conhecer, ignorando totalmente o sentimento entre ele e Lou! Quem vai entender esses homens…

Vai ver que foi pra ele que Lou escreveu a resposta:

“É terrível dizer, mas, no fundo, o amante não está querendo saber ‘quem é’ em realidade seu parceiro. Estouvado em seu egoísmo, ele se contenta de saber que o outro lhe faz um bem incompreensível… Os amantes permanecem um para o outro, em última análise, um mistério”

Mas Lou Salomé não se deixou abater e continuou arrasando corações até o final da sua vida, quando já tinha mais de 70 anos! E escrevendo, e amando, e rompendo barreiras cada vez mais!

“Ouse, ouse… ouse tudo!
Não tenha necessidade de nada!
Não tente adequar sua vida a modelos,
Nem queira você mesma ser um modelo para ninguém.
Acredite: a vida lhe dará poucos presentes.
Se você quer uma vida, aprenda a conquistá-la!
Ouse, ouse tudo! Seja na vida o que você é, aconteça o que acontecer.
Não defenda nenhum princípio, mas algo de bem mais maravilhoso: algo que está em nós e que queima como o fogo da vida!” LOU SALOMÉ

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: