Arquivo | fevereiro, 2010

Momento musical: Paralamas do Sucesso

26 fev

Uma das piores coisas de ficar velha (fora cabelos brancos, rugas e reumatismo) é essa coisa de saudosismo… Mas já que a nostalgia vem, vamos aproveitar para curti-la ao extremo!

No momento musical de hoje, uma pérola dos anos 80: Meu Erro, de Paralamas do Sucesso. Ei, vale ressaltar que nesse tempo eu ainda era um bebê, mas não tenho culpa se a música fez parte da minha adolescência e ainda é sucesso até hoje… Adoro!

MEU ERRO – PARALAMAS DO SUCESSO
Eu quis dizer
Você não quis escutar
Agora não peça
Não me faça promessas

Eu não quero te ver
Nem quero acreditar
Que vai ser diferente
Que tudo mudou

Você diz não saber
O que houve de errado
E o meu erro foi crer
Que estar ao seu lado
Bastaria!

Ah, Meu Deus!
Era tudo o que eu queria
Eu dizia o seu nome
Não me abandone

Mesmo querendo
Eu não vou me enganar
Eu conheço os seus passos
Eu vejo os seus erros
Não há nada de novo
Ainda somos iguais
Então não me chame
Não olhe prá trás

Você diz não saber
O que houve de errado
E o meu erro foi crer
Que estar ao seu lado
Bastaria!

Ah, Meu Deus!
Era tudo o que eu queria
Eu dizia o seu nome
Não me abandone jamais

PARA ASSISTIR:
Separei duas versões. Uma delas do Rock in Rio 1985, quando as mulheres não olhavam pra Hebert Viana não porque ele usava óculos, mas porque tinha coragem de usar um samba-canção pôdy desses!

Agora na versão acústica, com a participação de Zizi Possi. Hebert sem óculos nem cabelos, mas com uma roupitcha beeeeem mais composta…

O copo

25 fev

Um copo com água pela metade é um copo meio cheio ou meio vazio? E um copo vazio não tem nada ou está cheio de ar?

Depende do referencial e do que, para você, realmente importa que esteja dentro do copo!

 Veja o que Gilberto Gil acha disso no clipe da música Copo Vazio.

Lei do menor esforço

24 fev

Via de regra o ser humano é assim: adora a lei do menor esforço!

É bem comum, durante o percurso de nossas vidas, escolhermos aqueles caminhos mais fáceis, mais práticos, menos cansativos.

É muito mais fácil dizer um “nada a declarar” do que ter uma conversa franca para tentar resolver o assunto.

É bem mais prático deixar para amanhã o que eu não quero resolver hoje. Afinal, sempre acreditamos que haverá um amanhã, não para resolvermos o problema, mas para adiarmos por mais um dia.

É preferível viver na comodidade, a encarar o caminho tortuoso de pedras.

O ser humano se acostuma muito fácil! Se acomoda com as piores situações de vida só para poupar o sofrimento. Mas não vê que isso traz sofrimento também? Ou que, lá na frente, vai sofrer muito mais?

À primeira vista, os caminhos mais fáceis costumam ser mais curtos e menos penosos, mas geralmente eles não são a melhores opções!

É preciso deixar a preguiça de viver, acordar pra cuspir e lutar por aquilo que se deseja!

“Não acomodar com o que incomoda” O TEATRO MÁGICO

A felicidade

23 fev

Uma vez me disseram que a felicidade não deve ser um objetivo, um fim, e sim um caminho!

Às vezes a gente passa tanto tempo preocupado em conseguir chegar ao que tanto almejamos, àquilo que acreditamos ser a nossa felicidade, que nos esquecemos de viver o hoje, de encontrar a felicidade nas pequenas coisas do dia.

Dos dois um: ou você não vai conseguir atingir seu objetivo e vai se martirizar o resto da vida, ou vai conseguir conquistar, mas por mais feliz que fique, em breve precisará de um outro objetivo que te motive a seguir em frente.

E assim a vida passa e nunca conseguimos ser realmente felizes…

Mas, apesar de muito pertinente, não é fácil pensar assim. Existem situações em que, se não temos o que queremos, a nossa vida torna-se um vazio maior ainda.

E quem podia pensar que é tão difícil viver? Ê, lelê!

“A felicidade é como a pluma
Que o vento vai levando pelo ar
Voa tão leve, mas tem a vida breve
Precisa que haja vento sem parar”

Vinícius de Morais e Tom Jobim

Momento musical: Kid Abelha

19 fev

Tantas coisas para falar, mas hoje deixo a música falar por mim. Queria ter nascido compositora…

No momento musical de hoje: Kid Abelha e a música Grand’Hotel.

GRAND’HOTEL – KID ABELHA

Se a gente não tivesse feito tanta coisa,
Se não tivesse dito tanta coisa,
Se não tivesse inventado tanto
Podia ter vivido um amor Grand’ Hotel.

Se a gente não dissesse tudo tão depressa,
Se não fizesse tudo tão depressa,
Se não tivesse exagerado a dose,
Podia ter vivido um grande amor.

Um dia um caminhão atropelou a paixão
Sem teus carinhos e tua atenção
O nosso amor se transformou em “Bom Dia”…

Qual o segredo da felicidade?
Será preciso ficar só pra se viver?
Qual o sentido da realidade?
Será preciso ficar só pra se viver?

Se a gente não dissesse tudo tão depressa,
Se não fizesse tudo tão depressa,
Se não tivesse exagerado a dose,
Podia ter vivido um grande amor.

Um dia um caminhão atropelou a paixão
Sem teus carinhos e tua atenção
O nosso amor se transformou em “Bom Dia”…

Qual o segredo da felicidade?
Será preciso ficar só pra se viver?
Qual o sentido da realidade?
Será preciso ficar só pra se viver?
Só pra se viver.

Ficar só
Só pra se viver…
Ficar só
Só pra se viver.

Não adianta!

16 fev

Não adianta insistir!

Por mais que se queira permanecer, há horas em que o cansaço é maior que tudo!

O olho aperta, o corpo relaxa, o bocejo vem. Por mais que lutemos, há uma hora em que o nosso corpo não se deixa mais enganar por nossas estratégias para mantê-lo vivo, aceso.

Quando isso acontece, nada melhor do que parar e pensar em até quando vale lutar contra a própria natureza, contra o próprio destino?

Esse é o momento de esquecer tudo, aceitar que não há mais o que fazer e, enfim, se entregar ao descanso!

A pressa e a perfeição

14 fev

Disseram que a pressa e a perfeição são inimigas. Mas não concordo.

A pressa na verdade é apaixonada pela perfeição! Ela quer tanto atingir a perfeição, tamanho é sua vontade de estarem juntas, que não aguenta esperar e corre à sua busca.

Por isso acaba metendo os pés pelas mãos e, muitas vezes, afasta a perfeição ao invés de alcançá-la…

Claro que a pressa tem que aprender a ser mais paciente e ter fé que está no caminho correto para alcançar o seu grande amor. Mas talvez a perfeição pudesse ser um pouco mais compreensiva e perceber à grande caminhada que a pressa já percorreu só para estar ao seu lado.

Que em um dia muito breve a pressa consiga encontrar a perfeição. E que sejam felizes para sempre!